Como estabelecer uma alimentação vegetariana saudável?

0
20
alimentação vegetariana

Como estabelecer uma alimentação vegetariana saudável? A busca por um estilo de vida mais saudável está fazendo com que muitas pessoas deixem de consumir a carne e se tornem adeptos a dieta vegetariana ou vegana. A alimentação vegetariana objetiva cortar todo o consumo de carne da rotina e o substituir por alimentos orgânicos como as verduras, as frutas, os legumes, permitindo ainda o de ovos e laticínios. Além da carne, a exclusão de temperos com esse sabor geralmente entra na lista, já que possuem relação com o alimento e também proporcionam uma série de danos a saúde e até mesmo a procedimentos como a implantação da lente de contato dental.

Começar a seguir uma dieta vegetariana é uma decisão pessoal, mas, muitos dos seguidores a relacionam a questões éticas e ao zelo ao meio ambiente. A escolha também é associada a preocupação com a própria saúde, uma vez que o consumo de carne está cada vez mais relacionado a incidência de uma série de doenças como diabetes, hipertensão e obesidade.

Antes de aderir um novo estilo de alimentação, procure por um nutricionista especializado nessa vertente para que ele possa te guiar e adaptar a quantidade de alimentos substitutos de forma que evite a ausência de vitaminas no organismo. Só assim você será capaz de alcançar as alterações eficientes de forma saudável.

Composição da dieta vegetariana

A dieta vegetariana é fundamentada na ingestão de alimentos de origem vegetal, podendo conter ou não a de laticínios e ovos e excluindo o consumo de qualquer proteína animal. No entanto, há certas alterações entre os aderentes desse tipo de alimentação, como os vegetarianos estritos ou veganos, que são aqueles que também não ingerem os derivados de animais como o mel e o leite. Outro exemplo são os ovolactovegetarianos, que não possuem essa restrição e consomem leites, laticínios e ovos.

Referente aos tópicos nutricionais dessa dieta, seus seguidores são capazes de possuir uma alimentação regulada e saudável, mesmo sem o consumo de carne, e até mesmo por meio dessa falta. Entretanto, é necessário ter o cuidado de ingerir ingredientes que também são fontes de proteína, como a amêndoa, feijão e a soja, e como as leguminosas. Busque sempre suprir as fontes de proteína, aminoácidos e vitaminas presentes na carne.

Os benefícios do vegetarianismo

O vegetarianismo proporciona uma série de benefícios para seus aderentes, dos não aos estritamente nutricionais. A prática, além de ser uma maneira de se alimentar de forma mais saudável, pode influenciar alterações psicológicas e espirituais.

Consumindo alimentos mais naturais e mais frescos, sucessivamente se estará investindo em sua melhor qualidade de vida, uma vez que esse estilo de vida absorve mais energia e influencia em um melhor desempenho das atividades do dia-a-dia. O vegetarianismo também ameniza os riscos de enfermidades como a obesidade e problemas cardiovasculares.

Alimentos essenciais para manter os hábitos saudáveis

As carnes são fontes de importantes nutrientes para o nosso corpo, são elas as proteínas, as vitaminas B12, e o ferro. Ao excluir sua ingestão da rotina, é preciso substituir esses componentes através de demais produtos selecionados. Caso não haja essa reposição, diversos danos e males pode atingir a saúde por causa da carência dessas substâncias.

No quesito de repor esses elementos vitamínicos, derivados de leite e ovos (fontes de vitaminas B12), e leguminosas como a soja, o feijão, a lentilha e o grão-de-bico, essas que são ricas em proteínas, podem substituir as carnes. O ferro pode ser substituído pelo mel, frutas secas e vegetais escuros.

Para adquirir uma dieta saudável deve-se agrupar diversos tipos de frutas, legumes, verduras, cereis integrais e oleaginosas como as amêndoas, as castanhas, nozes e pistaches. Para prover a necessidade cotidiana de ômega-3, produtos como os óleos de chia, linhaça e sementes podem ajudar.

Se você não gostaria de prosseguir com o consumo dos derivados da carne, a sugestão é adicionar os brócolis, o tofu, a couve e o gergelim no seu cardápio, já que são ótimas fontes de cálcio, e tubérculos como a batata, batata-doce, mandioca e inhame que são a garantia de uma quantidade suficiente de energia diária.

A melhor maneira de se tornar um vegetariano

Após a consulta com um nutricionista e após escolher aderir uma dieta vegetariana em sua vida, não mude do dia pra noite sua alimentação. Adote as substituições gradativamente e acostume seu organismo e seu paladar antes de se restringir totalmente.

Inove sempre e fique atento as inovações da culinária vegetariana, buscando suprir as necessidades com diferentes ingredientes e formas de preparo. Ampliem a quantidade de verduras e legumes em sua dieta e busque sempre variar para não enjoar e desanimar no processo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here