O esporte para pessoas com deficiência física

0
21
esporte para pessoas com deficiência física
esporte para pessoas com deficiência física

A prática do esporte é um dos pilares de uma vida saudável, sem exceção de tipos de estruturas corporais. Assim, a inclusão no esporte é essencial para que pessoas com algum tipo de deficiência também possam cuidar do seu físico e do melhor funcionamento de seu organismo.

Além da promoção de saúde, a prática de atividades esportivas atua também no âmbito psicológico e social. Os exercícios físicos auxiliam na melhora da condição cardiovascular, da coordenação motora, e no equilíbrio, agilidade e na fortificação do corpo. Mesmo com as limitações e demais preocupações como o tratamento por aparelho ortodôntico, uma maior atenção e um acompanhamento de um profissional podem evitar complicações com a prática.

Quanto a questão psicológica, o esporte atua na melhora da autoestima e da autoconfiança, fazendo com que o atleta se torne uma pessoa mais positiva e confiante com ele mesmo e com suas ambições e metas. A questão social se desenvolve a partir da melhor segurança em estabelecer laços e de se relacionar. Veja os esportes mais indicados a pessoas com deficiência física:

Esportes indicados para pessoas com deficiência física

Basquete

Com a altura da tabela, as proporções da quadra e o regulamento semelhantes ao do basquete tradicional, o grande diferencial para uma maior acessibilidade será a definição das funções de cada jogador. O valor da pontuação se baseia de acordo com a intervenção motora, fazendo com que, quanto menor, maior a sua pontuação.

A violação será identificada quando o atleta estimula a cadeira de rodas mais de duas vezes ao realizar o arremesso, ao quicar ou realizar o passe da bola.

Atletismo

As funções nessa modalidade esportiva são feitas a partir na capacidade do esportista em seus movimentos, além de ser estimado a gravidade de sequelas do tipo de deficiência e a intensidade da funcionalidade muscular que não foram afetadas.

Dessa forma, há uma série de opções para deficientes, os visuais por exemplo, recebem o acompanhamento de um guia. Cada tipo de deficiência possui suas necessidades e particularidades a serem levadas em conta, fazendo com que a prática do atletismo também varie segundo a localidade, jogada, arremesso e pulo.

Bocha

Nesse esporte alternativo e pouco conhecido, o objetivo do jogo é basicamente lançar bolas azuis ou vermelhas, distribuídas por equipe, o mais próximo que se conseguir da bola branca determinante e denominada Jack. Para o objetivo ser alcançado, é preciso ter foco, exatidão e coordenação motora.

Essa modalidade também pode ser competida individualmente ou em duplas. Portadores de paralisia cerebral e demais problemas neurológicos são capazes de executarem esse esporte. Os praticantes podem usar as mãos, pés e até mesmo a cabeça para realizarem os arremessos.

Tênis de mesa

O tênis de mesa é uma das opções mais clássicas para promover uma maior inclusão. As regras dessa modalidade paralímpica são praticamente as mesmas do modelo original, se diferenciando apenas paras os usuários de cadeiras de rodas. O princípio é fazer com que a bola passe da linha de fundo, não se desviando para as laterais.

Outra regra padronizada é a necessidade de o saque ser realizado com a mão contrária a utilizada para portar a raquete. Contudo, para praticantes que não necessitam da cadeira de rodas, porém, por meio de uma amputação ou deficiência, não consigam usar o braço livre, essa regra não é levada em conta. Além disso, para cadeirantes a bola pode quicar duas vezes e não se há punição.

O interessante do tênis de mesa é justamente a sua ampla acessibilidade e que permite uma melhor captação e inclusão, além de ser flexível, podendo permitir em sua prática a disputa entre duplas, times e entre duas pessoas. No entanto, é importante que a escolha do esporte seja feita com o intermédio do futuro jogador, de acordo com seus gostos e individualidades.

Portanto, se você possui alguma deficiência ou possui algum deficiente próximo, a prática de esporte é ideal, desde a prevenção de enfermidades, a melhora do poste físico ao combate a doenças psíquicas como a depressão e a ansiedade. Além disso, o esporte é capaz de enriquecer o praticante com uma série de valores, como respeito e empatia. A prática deve se adequar as particularidades da deficiência, as medidas de segurança e deve ser realizada com o acompanhamento devido, porém, nunca deve ser deixada de lado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here