Como escolher o que estudar para o vestibular? Veja como organiza

0
26
o que estudar para o vestibular
o que estudar para o vestibular

Uma das maiores preocupações de quem está terminando o ensino médio é saber o que estudar para o vestibular. Afinal, a maioria dos alunos não tem condição de pagar um cursinho pré-vestibular, ficando um pouco perdido nesse assunto.

Mas não se preocupe, vamos te dar umas dicas de como se organizar por conta própria, montando um cronograma de estudos e você vai ver que não tem segredo.

Então, para começar, mesmo se você ainda não escolheu o curso que pretende fazer na faculdade, já pode selecionar o que estudar para o vestibular, pois os processos seletivos geralmente englobam assuntos diversificados. Vamos lá?

O que estudar para o vestibular?

As melhores universidades, sejam públicas, sejam particulares, costumam ter processos seletivos mais concorridos e prestigiados. Mas todas têm algo em comum: o conjunto de matérias que são avaliadas nos seus vestibulares.

A princípio, todo o conteúdo do Ensino Médio deve ser estudado para as provas. O que diferencia cada vestibular é que alguns são divididos por disciplina, enquanto outros são divididos por área do conhecimento, como é o caso do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Há provas que são inteiramente de assinalar alternativas de múltipla escolha, enquanto outras mesclam esse modelo com questões discursivas. Normalmente, também, todo vestibular, assim como o ENEM, tem a etapa de redação. E esta costuma ter um peso bem grande na nota final.

Os editais dos vestibulares sempre contêm as ementas das matérias a serem estudadas. O ideal é estudar todo o conteúdo, mas caso seu tempo seja mais escasso, foque naquilo que tem mais dificuldade.

Outro ponto a considerar é pontuação por pesos. Algumas universidades colocam peso maior em matérias afins com o curso escolhido. Por exemplo, cursos de engenharia costumam ter maior peso em Física e Matemática. Se for esse o caso, dê um foco maior nas matérias específicas do seu curso, fazendo anotações e fichamentos.

De forma geral, podemos dizer que o desafio maior não é saber o que estudar para o vestibular, mas sim como se organizar para esse estudo. E é isso que vamos abordar agora.

Como montar um cronograma de estudos para o vestibular

O ideal é você criar um cronograma semanal e diário para seus estudos. De preferência, comece a fazer isso um bom tempo antes da prova.

Veja como montar um cronograma de estudos bacana:

1. Defina as provas que vai fazer

Mesmo se você não tiver certeza do curso ou da universidade que quer cursar, é bom limitar as opções para facilitar.

Se for prestar concurso em mais de uma universidade, preste atenção nas datas de cada prova para não coincidir os dias.

Entre nos sites das universidades, vasculhe editais e provas de vestibulares anteriores e fique por dentro de tudo o que conseguir sobre a instituição, os cursos, os processos e tudo mais que for pertinente.

Outras coisas importantes a se atentar: concorrência do curso escolhido, número de vagas e turnos, estrutura das provas, temas das redações etc.

2. Atente-se ao edital

Estude bem o edital do vestibular. Nele você encontrará todas as informações necessárias para não cometer erros, como datas, ementas das matérias, regras etc.

O conteúdo que vai cair nas provas também é exposto integralmente no edital. Então, foque somente nessas matérias, pois se não estiver no edital, não vai cair na prova.

3. Organize seus estudos

Crie um ambiente propício para seus estudos diários. Deixe o local da maneira que te deixe mais confortável e mantenha a concentração.

Uma maneira boa de conseguir priorizar as matérias mais importantes é separando-as em grupos.

Por exemplo, dividindo em categorias de dificuldades. Ou, então, em categorias de importância para o seu curso (caso tenham pesos diferentes nas provas).

4. Crie um plano de estudos

Tendo as matérias separadas em grupos, agora é hora de distribuí-las num calendário de estudos. O ideal é que você já tenha todos os dias definidos para estudar até o dia anterior à prova.

Há duas formas de fazer isso: dividindo horas do dia para cada matéria ou dividindo semanas de prioridade.

No primeiro caso, você vai separar as horas de cada dia que tem para estudar, e distribuir as matérias nos dias da semana, dando maior carga horária para aquelas mais difíceis (ou que tenham mais prioridade).

Se preferir estudar o conteúdo de uma vez, pode dividir os meses que tem para estudar em três períodos e dedicar cada um a um grupo de matérias, começando pelas mais difíceis.

Nesse caso, é bom deixar uma ou duas semanas antes da prova reservadas para uma revisão geral.

5. Faça muitos exercícios

Não se limite a apenas leitura dos livros das matérias. Procure sempre fazer exercícios, principalmente nas matérias que exigem raciocínio lógico, como Matemática, Física e Química.

Uma boa ideia é pegar as provas anteriores dos vestibulares e tentar respondê-las, depois conferindo os gabaritos. Essas provas e seus respectivos gabaritos costumam estar disponíveis nos sites das universidades.

Lembre-se: saber o que estudar para o vestibular e se organizar para as provas é apenas o primeiro passo.

Escolha sempre uma universidade que seja autorizada pelo MEC, pesquise por bolsas de estudo, procure cursos que convergem o seu gosto pessoal com demanda de mercado. O vestibular é apenas o primeiro passo de uma longa jornada. Prepare-se!

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here