O que são hormônios e para que servem?

0
17
o que são hormônios

O que são hormônios e para que servem? Os hormônios são substâncias químicas lançadas diretamente no sangue pelas glândulas endócrinas e que ditam funções do corpo como o crescimento, a respiração e a alimentação. Caso você tenha um ciclo menstrual, seus hormônios reprodutivos alteram com frequência durante esse ciclo, a não ser que você utilize certos contraceptivos hormonais.

O desequilíbrio hormonal pode se desenvolver através de condições como o diabete, desordens da tireoide e síndrome dos ovários policísticos (SOP). Essas mudanças hormonais podem influenciar a incidência de afta na boca. Saiba mais sobre as ações e reações dos hormônios no nosso corpo:

O que são os hormônios?

Os hormônios são substâncias formuladas pelo sistema endócrino e que enviam mensagens a várias partes do organismo. Eles auxiliam na regulagem de demais processos como a pressão sanguínea, fome e libido. Ao mesmo tempo que os hormônios são fundamentais para o processo reprodutivo, eles são essenciais para todos os demais sistemas do corpo.

Os hormônios trafegam por todo o organismo e afetam apenas certas células selecionas para receber as mensagens. Essas moléculas e as regiões que as recebem se assemelham a uma fechadura e uma chave.

O que os hormônios fazem no meu corpo?

Nossos organismos passam por mudanças hormonais várias vezes durante o dia. Enquanto você se alimenta, o pâncreas produz o hormônio insulina, que auxilia na regulagem dos níveis de açúcar no sangue. Ao frear para evitar uma batida de carro, suas glândulas suprarrenais bombeiam o hormônio epinefrina, da adrenalina, ajudando na sua rápida ação. Sua glândula pineal é responsável por desenvolver o hormônio melatonina que vai te ajudar a alcançar uma melhor qualidade do sono.

Nos casos em que os hormônios estão desequilibrados, a causa pode ser o desequilíbrio endocrinológico. A maior concentração de determinado hormônio, também denominado hiperfunção, ou não apresentar um em quantidade suficiente, pode desencadear uma série de problemas.

Desequilíbrio hormonal

O desequilíbrio hormonal pode ser influenciado pelas condições de saúde. Algumas delas compõem distúrbios da tireoide (hipotireoidismo, hipertireoidismo), diabete e a Síndrome do ovário policístico (SOP).

Mesmo sendo minúsculos, os hormônios são os grandes responsáveis pelo bom funcionamento do nosso corpo. Certos indivíduos são mais sensíveis ao efeito dos hormônios do que os outros, esse fato se deve a tensão pré-menstrual ou a depressão pós-parto.

Quais as funções dos hormônios?

Cada glândula do corpo que produz certo tipo de hormônio que apresenta um tipo de finalidade específica:

Hipotálamo: condiciona a fome, a sede, o humor, o sono, a libido e a temperatura corporal.

Pituitária:  controlaas demais glândulas.

Paratireoide: realiza a regulagem do cálcio.

Pâncreas: produz insulina para auxiliar na absorção da energia dos alimentos.

Tireoide: regula os batimentos cardíacos e decide a forma que as calorias são utilizadas.

Glândulas suprarrenais: realiza produção dos hormônios de estresse.

Glândula pineal: produção da melatonina para a regulagem do relógio biológico.

Ovários: secreção de hormônios sexuais fins reprodutivos.

Testicular: produção da testosterona e do esperma.

Os hormônios reprodutivos

O ciclo menstrual não se trata apenas da menstruação, é um fluxo e refluxo diferenciado de hormônios que permitem que o sistema reprodutivo funcione. Com a falta deles, os órgãos desse sistema parariam de trabalhar. Não haveria a possibilidade de engravidar nem o prazer do sexo.

Apesar de os hormônios sexuais testosterona e estrogênio proporcionarem um forte impacto, ainda necessitam de uma proteína chamada globulina ligadora de hormônio sexual (SHBG) para terem efeito. Essa proteína se alia a um determinado hormônio sexual e o retira do sentido de sua circulação, o dirigindo até um tecido que o necessite.

A diferença entre os hormônios do corpo e os hormônios contraceptivos

A incidência da menstruação faz com que os hormônios se alterem diariamente em seu ciclo, uma pessoa que toma pílulas anticoncepcionais não passa por tantas variações, somente na semana de remoção. Essas pílulas possuem em sua composição progesterona e estrogênio para evitar a ovulação.

Os hormônios contraceptivos geralmente possuem o estrogênio sintético etinilestradiol. A progestina sintética não possui uma forma química idêntica à progesterona, porém, se conecta as regiões receptoras desse hormônio.

O tipo de contraceptivo hormonal considerado ideal é algo pessoal, levando em consideração cada corpo e as metas individuais quanto a saúde reprodutiva. Contate um profissional da saúde e busque saber sobre os demais riscos, as demais vantagens e os efeitos colaterais que cada tipo de hormônio pode proporcionar, identificando através desse acompanhamento, a melhor escolha a se fazer.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here